Metas para 2018 – Você sabe como estabelecer as suas?

Está acabando o ano e 2017 está fechando um ciclo para dar abertura ao novo ciclo de 2018. Nesse fechamento e início de ciclos normalmente fazemos metas e resoluções. Mas muitas vezes, chegamos no final de mais um ano e vemos que nossas resoluções, mais uma vez, não foram cumpridas.

Muitas vezes isso ocorre, pois ao fazer nossas resoluções , encaramos quase que sendo um pedido para o universo, praticamente uma lista pro papai noel. E não olhamos para nosso dia a dia e com isso as mudanças efetivas não acontecem. Isso acaba nos deixando frustradas e desanimadas para pensar em novas resoluções.

A melhor forma de definir suas resoluções é encarar como metas! Quando falamos em metas, temos que ter em mente que, apesar das variáveis do cotidiano ao nosso redor, são as nossas ações cotidianas fazem toda a diferença. Ter em mente que precisamos ter o controle se estamos caminhando em direção de nossas metas e para isso acompanhar nossas ações do dia a dia é imprescindível.

E como podemos definir uma boa meta?

Pra começar ela tem que ser CLARA, MENSURÁVEL e com PRAZO.
Ela tem que ser clara, sem nenhum duplo sentido. Não dá pra ter como meta, por exemplo, ser mais feliz. Ser feliz está sujeito a interpretação, para algumas pessoas é ter mais dinheiro ou tempo ou emagrecer e ainda pode mudar pra mim mesma dependendo de quando eu olho para isso. Não importa quando eu olhe pra minha meta, ela tem que ter sempre a mesma interpretação.

Eu tenho que saber se eu alcancei ou não a minha meta, se não ela não é mensurável. Aumentar o faturamento é claro, mas é preciso definir o quanto eu quero aumentar o meu faturamento. Se eu aumentar em 10 reais o faturamento eu já atingi a meta, mas era isso que eu buscava? Aumentar em 30% ou 50% te dá números para que essa meta seja mensurada.

E para que você possa fazer acontecer o prazo é importante. Sem prazo acabamos empurrando nossos objetivos mais pra frente e corremos o risco de nunca colocarmos como prioridade a meta desejada.

E um dos pontos importantes para equilibrar ainda mais suas metas, segmente por áreas importantes: família, profissional, finanças, saúde, e o que mais couber. Escolha bem e metas que sejam atingíveis, pois a frustração de uma meta inalcançável também pode ser um vilão. Um passo de cada vez e faça seu 2018 um ano de realizações!

Comentário

comentários

Sem Comentários

Deixe um Comentário: